02.07.2015
Autor: Box1824

As fotos coloridas no Facebook foram um experimento social da rede?

Ficamos muito felizes ao ver nossa timeline no Facebook recheada de fotos de perfil com o filtro de arco-íris disponibilizado pela própria rede. Para quem ainda não sabe, a ação foi uma comemoração à decisão da Suprema Corte dos EUA de que o casamento de pessoas do mesmo sexo é um direito constitucional.

Mas a movimentação, como aponta a Atlantic, gerou certa dúvida entre quem já conhece o Facebook melhor – será que a campanha “Celebrate Pride” seria mais uma forma de obter mais dados sobre os usuários?

De acordo com um porta-voz da rede social, não é um experimento ou teste, já que o algoritmo da timeline das pessoas não foi alterado. Todos vêem a mesma coisa – ao contrário de estudos passados nos quais o algoritmo foi mudado para entender melhor o humor dos usuários.

Mas mesmo que a ferramenta não tenha sido criada como parte de um experimento, nada impede pesquisadores da rede de obter dados sobre ela para analisar o comportamento dos usuários. Afinal, de toda a forma, qualquer ação nossa por lá, até clicar em um ‘curtir’, já é analisada. E sabem qual é a vantagem de se analisar isso? Basicamente, entender se e como grupos podem se organizar online e, coletivamente, afetar movimentos sociais.

Leia a matéria completa clicando aqui.

Made by:

by

For:

vivo

VIVO - Conectados vivemos melhor