03.06.2015
Autor: Box1824

Erupções digitais no mundo físico

Hoje, como nunca antes na história dos avanços tecnológicos, experiências estéticas criadas por máquinas são valorizadas por seu teor artístico. A exportação de elementos imagéticos do universo digital nunca esteve tão presente no plano físico.

Em 2012, durante uma palestra no South By Shoutwest, o jornalista e artista James Bridle cunhou o termo The New Aesthetic (Nova Estética) para se referir à invasão no mundo real da linguagem visual própria dos meios digitais. Trata-se do típico movimento de arte vanguardista que uma sociedade em rede poderia conceber.

Na Nova Estética, a realidade é processada através das lentes da tecnologia. Na prática, isso significa imagens pixeladas, glitches de Photoshop, gradientes, gifs animados, renderizações extremas e sobreposições alucinantes.

Na teoria, é algo muito maior: a maneira como as máquinas veem e entendem o mundo real, e também como o mundo real vê e entende a estética produzida pelas máquinas.

Leia a matéria completa no Ponto Eletrônico.

Matérias Relacionadas

Made by:

by

For:

vivo

VIVO - Conectados vivemos melhor