05.11.2015
Autor: Box1824

Sites seguros não tão seguros assim

O Google anunciou em seu blog de segurança que “espera” medidas corretivas da Symantec para solucionar erros em certificados emitidos pela companhia. Auditorias realizadas pela Symantec – exigidas pelo Google – revelaram a existência de 2.458 certificados emitidos para sites inexistentes e outros 164 certificados emitidos de maneira irregular, afetando 76 sites.

Os certificados em questão são usados por sites da web para viabilizar o acesso “HTTPS” e a exibição do “cadeado de segurança” em sites (como na foto). O objetivo do certificado é garantir a identidade do site para que o internauta saiba que está no site certo, especialmente ao fazer uma compra ou outra atividade online que exige transmissão de dados sensíveis.

Se a Symantec não cumprir as ações exigidas pelo Google, sites cujo “cadeado” depender de um certificado da Symantec só serão abertos no Chrome após um aviso de segurança. Os certificados serão, de certa forma, considerados menos confiáveis. O prazo é até junho de 2016.

Alguns sites de banco como Bradesco e HSBC já perderam o cadeado de site seguro no navegador Chrome. O Internet Explorer e o Firefox seguem exibindo normalmente o cadeado. Mas o Chrome é o navegador preferido de 74% dos acessos brasileiros, segundo a StatCounter.

Saiba mais sobre essa falha de segurança na matéria do G1.

Tags:

Made by:

by

For:

vivo

VIVO - Conectados vivemos melhor