02.02.2015
Autor: Box1824

Universidades trocam Shakespeare por selfies

As universidades perceberam a importância de se manterem atualizadas para serem instituições educacionais realmente relevantes dentro do cenário atual de 100% conexão. Muitas já estão se adaptando às novas tecnologias para se manterem relevantes. E isso vai além de ter uma presença online. Os próprios cursos estão se adaptando para analisar a cultura pop contemporânea e sua influência na sociedade, tratando temas como binge watching, wearable tech, selfies e internet browsing.

No Reino Unido, o City Lit College está explorando o lado artístico das selfies em um curso chamado “The art of self portraiture”. Os estudantes aprendem a olhar para as selfies como um fenômeno social e ainda desenvolvem suas habilidades fotográficas para a selfie ideal.

Há outros cursos curiosos e interessantes ao redor do mundo, como o da Universidade da Pensilvânia, chamado “Wasting Time on the Internet”. Já em Nova York, a faculdade Skidmore tem o curso de sociologia mais pop de todos: “The Sociology of Miley Cyrus: Race, Class, Gender, & Media”.

Ninguém mais pode ignorar o fenômeno da Internet e da cultura pop. Nem mesmo as universidades. Esse é o primeiro passo para vermos uma maior integração da tecnologia dentro das salas de aula. Para saber mais, acesse o artigo do site PSFK (em inglês).

Made by:

by

For:

vivo

VIVO - Conectados vivemos melhor